Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

UNIÃO SOLIDÁRIA

Na solidão de meu poema eu quero
Atingir a Santa Catarina
Especialmente um grande amigo
Que a arte de poetar domina.
Solidão é algo corriqueiro
Desassossega a alma da gente,
Porém aumenta o desejo
De escrever com gente inteligente.
A poesia é arte solitária,
Só quem trova faz seu repente
No meio da galera.
Mas, espera!
Que tem gente inteligente
No belo e controverso
Rio de Janeiro.
Essa moça faz lindos versos,
É minha amiga
E sempre que me convida
Pra fazer dueto,
Respondo direto,
Pois assim a solidão
Não me causa lesão.
Nas linhas de nosso poema
A emoção é sempre plena.
Claiton Scherer e Francielly Fernandes
Enviado por Claiton Scherer em 10/11/2017
Código do texto: T6167958
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Claiton Scherer
Blumenau - Santa Catarina - Brasil, 45 anos
436 textos (10661 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/11/17 23:42)
Claiton Scherer