Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Manuel Bandeira & Maria Thereza Neves


O Rio
Manoel Bandeira

Ser como o rio que deflui
Silencioso dentro da noite.
Não temer as trevas da noite.
Se há estrelas nos céus, refleti-las.
E se os céus se pejam de nuvens,
Como o rio as nuvens são água,
Refleti-las também sem mágoa
Nas profundidades tranquilas.
&

Rios ,Sangue de Palavras...
Maria Thereza Neves

Sou sangue , rios de palavras
morrendo aos poucos, boiando  no vazio ...
Sou as tardes explodindo versos em sóis ...
Sou arvores crescendo dentro de mim
fazendo-me floresta, mares, estrelas...
amor e dor, humana ainda sou ...
 
Sou letras coladas , frases , pausas,
sons da alma, expressando sentimentos
repetindo, gritando pensamentos vãos...
folhas mortas esparramando outonos
dispersos no ar ,enigma do universo
rios de sangue, das veias sempre a escorrer ...

e nada mais  ...
Maria Thereza Neves
Enviado por Maria Thereza Neves em 16/02/2017
Código do texto: T5914295
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria Thereza Neves
Juiz de Fora - Minas Gerais - Brasil
3363 textos (91580 leituras)
6 e-livros (225 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 27/07/17 13:36)
Maria Thereza Neves