Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
MÓRBIDO MORMAÇO

EM 2017, RETORNO AO PAÇO RECANTISTA PARA PUBLICAR, LOGO DE CARA, NA FELICIDADE DA FESTA POÉTICA, UM DUETO JUNTO AO MEU AMIGO, GAROTO PRODÍGIO DO HEDIONDO, POETA FÁBIO REZENDE...
ENTÃO, VAMOS, GAROTO! VAMOS, POIS, A LUA AMARELA ARDE EM CHAMAS NO SOLO ONDE PISO!!
... AOS TRABALHOS, FERA!!

EIS O SONETO:


(FR) Escalda-nos! Arde em nossa cútis,
(PC) Na superabundância da quentura
(FR) Serias, ó Sol, vizinho, porventura?!
(PC) ... Certamente! Ôh, cérebro em nuts...

(PC) Organismos terráqueos cozinhando
(FR) Buscam a homeostase na fervura,
(PC) Vide Célsius castigando a nervura
(FR) - Sem lenço e sem documento -, andando...

(PC) Sim, corram! Corram, infelizes da terra!
(FR) Pois o Astro-Rei nos decretará guerra
(PC) Doravante a usurpar a existência!

(FR) Ora, corram! Já disse. Então, corram!...
(PC) A profecia dos vencidos diz, "morram!"...
(FR) Ou derreta-se a vossa aparência!

FÁBIO REZENDE e POETA CARIOCA

--------------------- # -----------------------


​​​​​​GRANDE MESTRE, JACÓ FILHO, CHEGA JUNTO E ABRILHANTA MINHA PÁGINA, TAMBÉM, COM SEU MARAVILHOSO PARNASIANISMO... GRATO, EXÍMIO POETA E AMIGO, PELA PRESENÇA!

HUMANIDADE CEGA

Tendo à vez, a Natureza que matamos,
Aproveita-se das ausências, tal oxônio,
Pra queimar tudo que seria patrimônio,
Incluindo a pele, que ora, nos tocamos...

Nesse ar infecto, que outrora foi limpo,
Usando máscaras, os chineses respiram.
Morrem inocentes que antes, assistiram,
E nada fizeram, só culparam os gringos...

Caíram as fronteiras quando o astro Rei,
Nos fez perceber a força de suas chamas.
Ninguém entendeu, mas todos reclamam...

Tempestades e terremotos, ate onde sei,
Estão relacionados neste mesmo drama.
Só nos resta rezar e chorarmos na cama...

JACÓ FILHO
Poeta Carioca
Enviado por Poeta Carioca em 05/01/2017
Reeditado em 05/01/2017
Código do texto: T5872394
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Poeta Carioca
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 37 anos
468 textos (42621 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 28/04/17 20:50)
Poeta Carioca