Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

QUADRILHA

LIXO; LIXÃO; ESGOTO; EXPURGO; FEDOR...
Jurei para mim mesma não mais escrever sobre o que se convencionou chamar de política a política suja do país no qual nasci. Tenho uma sensação de que minha página fica suja com esse assunto e por isso decidi parar. Mas, por outro lado, é o meu país – como calar como toda hipocrisia calada das panelas silenciosas depois da lambança e depois das dancinhas ensaiadas e ensandecidas? A despeito dos mercenários que ocupam a política do Brasil: Como calar? Seria irresponsável não tecer algum comentário sobre o assunto.
Por isso e por esse motivo volta à janela da minha timeline a mesma lavagem (e não é da lava-jato) que esta mantêm-se calada diante de tudo (sem nenhuma chamada global midiática, nada, nada, nada); AOS FATOS: É FACTO (PACTO); O FATO é que Cai Aécio e volta Aécio e o silêncio continua reinando absoluto na voz e nas ruas; não há mais nem sombra dos paladinos aplicadores da justiça midiática contra a corrupção. Onde estão aqueles que derrubariam um por um?
#algumas foices e martelos (seguem na luta), apesar das criticas; dos tropeços grotescos-erros-ranços-avanços-retrocessos-alianças escusas (sic); mas (hoje) mulheres da oposição deram orgulho ocupando a bancada; as mulheres ocuparam a mesa do senado na tentativa de proteger o direito de todos nós. Arrancaram os microfones delas. Apagaram a luz.  A votação não pôde acontecer (não pode acontecer) se elas não saírem. E elas não saíram dali!. Grata por me representar, meninas!
Entre umas lutas e outras lutas nas últimas semanas ocupei-me de fazer-me autista sobre esse assunto, mas ontem resolvi ver a transmissão da Sessão da CCJ - Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania Câmara dos Deputados, de ontem, sobre a "Denúncia contra Temer" e com profunda repulsa o mesmo do mesmo ainda é o mesmo que constrange-nos diante do mundo.
Os movimentos e pronunciamentos fizeram-me lembrar da cena grotesca daquela Casa no episódio do "impeachment" para depor a Presidenta legalmente eleita por 54 milhões de votos desrespeitados e jogados na vala comum. De qualquer modo, pensava que a CCJ reservava alguma alma lúcida. (Engano) Segue um lodo, o mesmo lodo do tudo no mesmo rodo por debaixo dos panos espúrios.
O "Relatório" nem começou ainda, mas o grunhido de muitos membros (ratos e vice ratos) da Oposição e da Situação se fez ouvir. A cena é grotesca!
É pífia.
É miserável.
É óbvia
E é obvio o resultado.
A retórica contratada por Temer, o Presidente do porão e dos porões bancários e seus juros e do pior das gosmas empresariais e seus lucros, entre as quais o Skaf.
Dos "excelentíssimos" Senhores Parlamentares e dos Empresários (leia-se um PALAVRÃO aqui).
A cena é Dantesca
É desesperadora.
É VOMITANTE.
São esses fulanos que representam o País.
De tudo isso, ressalvo pouquíssimas falas de alguns dos Deputados por demonstrarem ainda alguma postura ética, e, acima de tudo, é ressalvada também a ótima peça da Denúncia do Procurador Geral da República, Rodrigo Janot, agora nas mãos da canalhada parlamentar. A peça é uma pérola jogada no meio dos porcos.
Em resumo. Não é sem razão que o país não tem qualquer apreço pela Constituição Federal: a maioria dos Deputados (e deputadas) da CCJ (representante de boa parte da sociedade) forma um grupo de miseráveis sem decência e sem conhecimento jurídico. Não é sem razão que isso se reproduz numa vergonha para o Brasil diante do mundo.

Serpente Angel
Enviado por Serpente Angel em 11/07/2017
Reeditado em 11/07/2017
Código do texto: T6051650
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Serpente Angel
Vernier - Geneva - Suíça
1386 textos (165366 leituras)
1 e-livros (128 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/09/17 18:02)
Serpente Angel