Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

UTOPIA X EUTOPIA

     Vou-me embora pra Pasárgada. Lá sou amigo do rei. Lá tenho a mulher que eu quero, na cama que escolherei. Essa é a primeira estrofe do poema "Vou-me embora pra Pasárgada", do poeta Mário Bandeira. Esse poema descreve um país das delícias, um lugar maravilhoso, bom demais para ser verdade, ou seja, uma "Utopia" (palavra de origem grega que significa não-lugar).
     Aqui no Brasil existe um lugar muito parecido, uma cidade que pode ser considerada como a Pasárgada dos políticos profissionais, o paraíso da corrupção. Sim, estamos falando de Brasília! Ao contrário de Pasárgada, Brasilía é um lugar real e pode ser considerada uma "Eutopia" (palavra de origem grega que quer dizer “bom lugar”). Isso mesmo, Brasília, nossa capital, é o paraíso das propinas, do enriquecimento ilícito e da troca de favores, enfim, uma "Eutopia" – para os políticos – porque para o povo só resta mesmo esperar por uma “Eutanásia” - palavra de origem grega que quer dizer “boa morte”!!!
Osmar Ruiz Júnior
Enviado por Osmar Ruiz Júnior em 20/04/2017
Código do texto: T5976019
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Osmar Ruiz Júnior
Sorocaba - São Paulo - Brasil, 53 anos
31 textos (390 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 27/06/17 22:55)
Osmar Ruiz Júnior