Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Porque era ela... porque era eu...

No encontro de duas almas, não é raro que os dois envolvidos não consigam explicar o que viram no ser adorado. A aproximação erótico-amorosa ou das amizades não é de ordem racional. Também não é possível dizer que o objeto do amor ou de uma amizade se defina a partir de uma escolha, a não ser que esta seja uma escolha inconsciente. Penso que, desde a primeira vez em que dois seres se encantam, em vidas e tempos distantes, a pergunta “Por que esta pessoa e não outra qualquer?” sempre será respondida à maneira de Michael de Montaigne, parodiado por Chico Buarque: “Porque era ela, porque era eu”. Certamente é a explicação mais coerente que eu já ouvi para o inexplicável.
Vil Becker
Enviado por Vil Becker em 09/01/2017
Código do texto: T5877000
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Vil Becker
Joinville - Santa Catarina - Brasil, 41 anos
992 textos (9572 leituras)
1 e-livros (4 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 30/04/17 07:56)
Vil Becker