Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tua Cantiga

Li hoje, num jornal de Pernambuco, que setores do politicamente correto, a patrulha do "empoderamento total", estariam tiriricas de raiva, em tempo de estourar pelas costas como cigarras, fulos, num frisson raivoso dos sescentos diabos contra o Chico Buarque (sem dúvida ele está tão preocupado que nem dorme mais rsssss) porque ele gravou uma nova música (letra dele e música de Cristovão Bastos), "Tua Cantiga". O motivo do frisson ridícuko é um verso da música que diz o seguinte: "Quando meu coração suplicar/ Ou quando teu capricho exigir/ largo muher e filhos/ E de joehos/ Vou te seguir".

Segundo alguns patrulhadores e patrulhadforasdo "total empoderamento imbecil", uma nova versão das senhoras de santana (lembrm-se?), Chico foi mmuito machista na música, essa largo mulher e filhos... teria sido um absurdo. Ora, a canção é um poema, uma história, ficção. Chico quis contar uma história de paixão avassaladora. Não se pode julgar um poema por um verso, isso é raciocínio de imbecil. Seria o mesmo que condenar aquele verso que Chico escreveu numa canção antiga, "Joga bosta na Geni!", estaria ele aconselhando jogar bosta nas mulheres? Mais em Tua Cantiga, Chico historiou um cotidiano, talvez até criticando. O que ele não pode e nem deve é exercer o seu talento de poeta submetendo seus textos ao crivo dessa patota imbecil. Se fizesse isso não seria nuna um dos gênios da raça. Censurar o Chico é um absurdo, principalmente quando a crítica além de burra é ridícula. Inté.
Dartagnan Ferraz
Enviado por Dartagnan Ferraz em 12/08/2017
Código do texto: T6081762
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Dartagnan Ferraz
Recife - Pernambuco - Brasil
2380 textos (49868 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 23:02)
Dartagnan Ferraz