Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

REFORMA OU REMENDO POLÍTICO COM PANO VELHO?

Comentários no link http://carloscostajornalismo.blogspot.com.br/2017/03/reforma-ou-remendo-politico-com-pano.html



O Brasil tem muito cacique para pouco índio, ou muitos partidos para eleitores pouco esclarecidos e sem quase nenhuma cidadania!.

Com 35 partidos registrados no TSE e mais 34 sendo formados para “mamar” nas tetas do Governo. Se forem todos aprovados e registrados, passarão a receber financiamento público de campanha e direito em espaços em rádios e televisões e terão o direito de continuar praticando novas modalidades de corrupção, iniciada em 1808, com a chegada da família real ao Rio de Janeiro. A reforma política anunciada acontece quando o Procurador Geral da União, Rodrigo Janot,  pede a abertura inquéritos contra políticos envolvidos “Operação Lava Jato”. Os deputados federais se apressam em fazer a Reforma Política, talvez costurada com pano velho e podre para não mudar nada. Tiveram tanto tempo para fazê-la e só agora a decidiram-na. Por que só agora e não antes?

Por trás dessa reforma política anunciada, tudo continuará igual.  O político que mais responde a acusações  e investigações na “Lava Jato”, deputado federal por Roraima, Romero Jucá, disse que não “é feio homem público ser investigado.  Feio será se  for condenado”. Ele, Jucá, anunciou que  apresentará quatro projetos distintos de Reforma Política. Por que só agora e não antes teve a ideia de elaborar quatro projetos e não fez antes? Deve ser para se proteger das acusações que pesam contra ele junto ao Supremo Tribunal Federal. O atual líder do Governo Temer, não é confiável e deixou a chefia da Casa Civil quando surgiu a primeira denúncia contra ele. Agora, são muitas, todas, graves e precisam ser apuradas.

O ex-deputado federal Roberto Jefferson, denunciou que será casuísmo fazer uma reforma política agora e disse que por trás se escondem interesses de blindar deputados pelo uso do Caixa 2, que envolve 26 partidos e muitos políticos. O ex-deputado federal foi cassado, preso e condenado por envolvimento no escândalo do mensalão. Ele só  denunciou o esquema de propinas e pagamentos mensais a parlamentares de vários partidos  que votavam em favor do Governo. Contudo, o parlamentar só denunciou o esquema de compra de votos  por divergências  políticas e pessoais com o então chefe da Casa Civil de Lula, José Dirceu, preso e também condenado no Estado do Paraná pelo “Mensalão” e  por diversas outras acusações  que o ligam à  “Operação Lava Jato”.

Em meio às desconfianças de que os deputados federais estejam querendo aprovar projetos para anistiar os Caixas 2, o presidente Michel Temer dizer que vetará qualquer tentativa de anistia caso seja aprovada   é no mínimo estranha e  duvidosa essa Reforma Política. Também é estranha a atitude dos políticos na Câmara Federal queiram  fazê-la agora, se já tiveram tanto tempo e não a fizeram. Talvez a aprovem, mas será  apenas um remendo em pano velho para que tudo continue como está, permitindo empréstimos de empresas em forma disfarçada de  “doações” legais para partidos políticos  bancarem suas campanhas políticas e, depois,  se tornarem “amigas do rei”  e se banquetearem com dinheiro público, cobrando-o com ágio, juros, corrupções, como se tivessem feito empréstimos aos partidos.

No final, todos pagarão a conta, principalmente se os novos 34 partidos que estão sendo formados no Brasil forem todos aprovados e registrados junto ao TSE!  Enquanto isso  obras que comecem e  nunca terminem em hospitais, médicos pessimamente remunerados, escolas inconclusas e com professores  mal pagos, infraestrutura de rodovias para escoar a produção principalmente de soja, saneamento básico inexistente na maioria das cidades e falta de dinheiro para investir, além de continuar a corrupção. Mudou o Governo do PT para o PMDB, mas continua quase tudo igual como antes.
carlos da costa
Enviado por carlos da costa em 20/03/2017
Código do texto: T5947049
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
carlos da costa
Manaus - Amazonas - Brasil, 57 anos
1507 textos (113966 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/07/17 15:36)
carlos da costa