Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

"AGRADECIMENTOS AO LUIZ"



Meus Amigos, mudei para o Texas a 4 anos. Estamos muito bem eu e família. Mas eu não posso deixar de agradecer as pessoas que me incentivaram, que me motivaram a fazer esta mudança radical.
Muitas pessoas foram responsáveis por tudo isso. Não é fácil romper com varias décadas morando em um lugar e atravessar o oceano, outra língua, outro País, outra cultura. Mas com a lembrança daqueles que se esforçaram tanto para que você finalmente tomasse a decisão de sair da tua zona de conforto e enfrentasse as mudanças radicais. Em especial eu quero agradecer ao Luiz, grande motivador disso tudo, mas também a dois Zés, dois Fernandos e também a uma Senhora muito convincente de nome Dilma. Talvez ela tenha sido o fechamento que precisava para que eu comprasse as passagens para viajar. Deram-me tantos motivos que eu não saberia e nem conseguiria enumera-los. Mas estou aqui. Quatro anos de muito trabalho gratificante. Devo dizer que nem tudo é tão tranquilo aqui, por exemplo, ai no Brasil nunca me preocupei em aplicar dinheiro porque nunca sobrou, aqui temos esta preocupação e não é pequena. Moramos em uma casa bastante ampla e que não tem muros, onde já se viu? Ai no Brasil, tínhamos até cerca elétrica. Uma sensação de abandono nos assola vez ou outra, por exemplo, nunca fomos assaltados, por quê? Qual o motivo da discriminação, no Brasil éramos lembrados pelo menos 4 vezes ao ano. Outra coisa que eu acho absurda aqui é o relaxo com o transito, em 4 anos nunca recebemos uma daquelas correspondências semanais que recebíamos ai com prêmios de pontos na carteira e algumas centenas de reais a menos na conta. O Americano é um Povo esquisito, todas as casas tem a Bandeira da Nação, eu até comprei uma também pois era a única casa do bairro que não tinha.
Confesso que sinto algumas vezes falta do Brasil. Aqui na televisão passa muito filme e documentários, eu no começo ligava a TV para ver noticias de corrupção, pois era o que eu estava acostumado ai no Brasil, até tinha um prazer em assistir, mas aqui não falam disso.
Povo realmente muito estranho, o filho do vizinho, oh moleque relaxado deixou a bicicleta dele jogada no jardim por 3 semanas, Deve ter aprendido com o pai que deixa o carro aberto com as chaves no contato o mês inteiro na porta da casa. Povinho preguiçoso viu??? Na banca de jornal o cara abandona e vai pra casa dormir, deixa tudo lá e a gente tem trabalho de pegar o jornal e ainda ter que fazer o troco. No meu Pais é muito diferente. Mas voltando aos agradecimentos quero deixar um abraço ao meu grande incentivador, o Luiz, Luiz Inácio Lula da Silva se não fosse pela ajuda dele eu não estaria aqui, Muito obrigado!!!
 

 
EDSON MILTON RIBEIRO PAES
Enviado por EDSON MILTON RIBEIRO PAES em 17/02/2017
Reeditado em 17/02/2017
Código do texto: T5915526
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (EDSON MILTON RIBEIRO PAES). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
EDSON MILTON RIBEIRO PAES
São Vicente - São Paulo - Brasil, 64 anos
1440 textos (75082 leituras)
77 e-livros (23625 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 26/09/17 09:46)
EDSON MILTON RIBEIRO PAES

Site do Escritor