Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Lado B Interessante das Línguas

Ano passado, publiquei aqui o artigo O Lado Interessante das Línguas, no qual revelava minha curiosidade em relação às origens do Português. De fato, o que me levou a pensar nisto, além dos questionamentos freqüentes em meios 'escritorais' – Esta palavra não é erro; corrompi-la porque qui-lo, como a ‘leitoral’ de outro dia. Eu não disse que você ia voltar a lê-la? Diga a 'escritoral' também "Muito Prazer!", pois ela volta.

Bem, voltando ao eixo: o que me levou a pensar nas origens do Português foi um comentário de um colega, palestrante, quanto à origem da palavra 'espanhol', que pode ter vindo do Galego, Português ou outro Romance, menos do próprio Espanhol - pela terminação ‘-ol’, estranha a esta Língua.

E daí que outro dia, roendo livros numa biblioteca, achei um livrinho do Instituto Camões trazendo, entre outras, informações sobre os textos mais antigos escritos em Português: uma notícia torta, digo: a Notícia do Torto (1211-1216), e o testamento de um tal Afonso II (1214). No mesmo capítulo, informavam que recentemente descobriram um original mais antigo ainda, de 1175 - pelo nome se supõe porquê passou tanto tempo ‘escondido’: a Notícia de Fiadores.

Veja só se é capaz de reconhecer a própria Língua num trecho do tal original:

Linha 1:
Noticia fecit pelagio romeu de fiadores Stephano pelaiz, xx. solidos lecton. xx. soldos pelai garcia xx. soldos. Güdisaluo M(enen)dici. xx. soldos

E aí, foi bom pra você?
Para mim foi IN-TER-RESSSS- SANNNN-TEEEEEE...
E não venha me perguntar o que isto significa!

Meu objetivo aqui foi só dar um gostinho do conteúdo do tal documento. Devo confessar que fiquei doidinha de felicidade, toda me tremendo quando, por acaso não mais que por acaso, topei com fósseis deste nosso Português. Como não sou oficialmente estudante desta Língua – nasci, me criei e me perco nela todos os dias, mais que isso não posso falar (ou escrever) – e se algum colega achar qualquer falsidade atrelada ao humilde alfarrábio que convosco compartilho ... – olhe o vírus da relíquia em ação! A pessoa começa ATÉ querer falar difícil, pode?! – sim, encontrando algum erro, gentileza avisar.

Pra saber mais sobre o meu interesse por línguas, leia a crônica Corrompendo a Língua.

Feliz Páscoa!
Helena Frenzel
Enviado por Helena Frenzel em 02/04/2010
Reeditado em 03/04/2010
Código do texto: T2173277
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Para ter acesso a conteúdo atual aconselha-se, ao invés de reproduzir, usar um link para o texto original.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Helena Frenzel
Alemanha
487 textos (36210 leituras)
47 áudios (2337 audições)
45 e-livros (1937 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/11/17 09:55)
Helena Frenzel