Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Saudade sem sentido...

Eu tenho uma saudade inexplicável de você... penso que seria uma saudade de outras vidas, outros tempos... nossas almas falam além das palavras, parecem que se comunicam, se encontram e se amam pelo espaço afora... estamos em uma vontade contínua de aproximação, ainda que a realidade não possa permitir nosso encontro, nossos corações estão em uma eterna busca de viver este sentimento, nossas almas de agora em diante parecem que nunca mais conseguirão se separar, depois desta busca incessante elas estacionaram e se recusam a se afastarem uma da outra...

Não temos que temer um novo começo se todos os dias é um eterno começar... me acovardei diante deste sentimento, apenas para não te machucar e não sair ferida... tive medo das consequências e da velocidade em que nossos corações se queriam... Queria te escolher e ser escolhida por você, sem traumas, ou medo de ser feliz... entenda que eu não quero outro abraço e nem outra pessoa, eu queria apenas você...

Não quero idealizar nosso amanhã, que talvez nem venha existir, não quero idealizar minha vida ou os meus dias, quero apenas que o meu coração já cansado de desilusões aprenda a amar em silêncio e não deixe você escapar... quero voar livre em meus pensamentos, mas não quero ser um pássaro sem ninho... queria tanto me aninhar em você, mas reconheço que tudo isso é apenas um sonho proibido... eu queria ter lhe dado o melhor de mim e não pude te dar nem um pouquinho do meu tempo mais jovem e de mais exuberância, talvez você nem saiba o quanto eu queria ter te conhecido antes e ter feito uma vida com você...

Chegamos um pouco tarde, e logo mais pensaremos em envelhecer, e vamos envelhecer, aí então quem sabe seremos um casal de mãos dadas caminhando na praça... seremos dois pombinhos tomando chuva no final da tarde e rindo por todos os cantos onde passarmos encharcados de amor... seremos amigos, parceiros, cúmplices e nos vestiremos de um romantismo tão profundo que todos em nossa volta nos invejarão... Teremos dias de companheirismo, dias de paixão e dias de amor tão delicado e simples que conseguiremos ser um só, e nos amar com a mesma intensidade, a mesma paciência e o mesmo carinho que amávamos quando ainda éramos jovens...
Regina Luiza
Enviado por Regina Luiza em 20/03/2017
Reeditado em 20/03/2017
Código do texto: T5946886
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Regina Luiza
São Paulo - São Paulo - Brasil, 66 anos
130 textos (3198 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 30/03/17 05:44)