Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Dejà vu

Voltamos à tese de que o salário é inflacionário etc.

"Se o povo soubesse a força que tem o governo temeria o povo."

ECONOMIA-SEU DINHEIRO

Salário mínimo não tem aumento acima da inflação pela 1ª vez em 13 anos
Começou a valer o novo salário mínimo nacional. De R$ 880, o valor passou para R$ 937: reajuste de 6,47%, porém sem ganho real ante o INPC.

O maior aumento real foi em 2006, de 13,04%. O menor foi em 2016, de 0,36%.
Segundo o Dieese, com o novo valor de R$ 937 e considerando uma taxa mensal da inflação medida pelo INPC para dezembro em 0,05%, o salário mínimo terá acumulado ganho real de 77,17% desde 2003.
Veja abaixo o aumento real a cada ano:
2002: R$ 200
2003 (R$ 240): 1,23%
2004 (R$ 260): 1,19%
2005 (R$ 300): 8,23%
2006 (R$ 350): 13,04%
2007 (R$ 380): 5,10%
2008 (R$ 415): 4,03%
2009 (R$ 465): 5,79%
2010 (R$ 510): 6,02%
2011 (R$ 545): 0,37%
2012 (R$ 622): 7,59%
2013 (R$ 678): 2,64%
2014 (R$ 724): 1,16%
2015 (R$ 788): 2,46%
2016 (R$ 880): 0,36%
2017 (R$ 937): 0%

Impactos na economia

O Dieese estima que 47,9 milhões de pessoas têm rendimento referenciado no salário mínimo. A elevação do mínimo corresponde a R$ 35 bilhões de incremento de renda na economia e R$ 18,865 bilhões de aumento na arrecadação tributária sobre o consumo.

Previdência

O peso relativo dos benefícios de até 1 salário mínimo é de 48,3% e corresponde a 68,6% do total de beneficiários, segundo o Dieese. O acréscimo de cada R$ 1 no salário mínimo tem impacto estimado de R$ 300,7 milhões ao ano sobre a folha de benefícios da Previdência Social. Assim, o impacto do aumento para R$ 937 (variação de R$ 57 em relação ao salário mínimo anterior) significará custo adicional ao ano de cerca de R$ 17,142 bilhões para os 23,13 milhões de beneficiários.

Empregados

Entre os 12,2 milhões de empregados, o impacto anual decorrente do aumento é de R$ 9,049 bilhões. O impacto entre os 8,6 milhões de trabalhadores por conta própria é de R$ 5,872 bilhões. Já entre os 3,8 milhões de trabalhadores domésticos é de R$ 2,809 bilhões.

Cesta básica

Com o valor do salário mínimo em R$ 937 e a cesta básica de janeiro estimada em R$ 435 na cidade de São Paulo, o salário mínimo teria poder de compra equivalente a 2,15 cestas básicas, segundo o Dieese. Levando em conta a série histórica que relaciona as médias do salário mínimo e da cesta básica anuais, o levantamento mostra que a quantidade de 2,15 cestas básicas corresponde ao maior valor verificado desde 1979.

Quantidade de cestas básicas adquiridas pelo salário mínimo na cidade de São Paulo:
1995: 1,02
1996: 1,14
1997: 1,23
1998: 1,22
1999: 1,25
2000: 1,28
2001: 1,37
2002: 1,42
2003: 1,38
2004: 1,47
2005: 1,60
2006: 1,91
2007: 1,93
2008: 1,74
2009: 2,01
2010: 2,06
2011: 2,03
2012: 2,13
2013: 2,07
2014: 2,10
2015: 2,02
2016: 1,93
Jan/17: 2,15

Regiões

Entre os ocupados, o salário mínimo teve maior força nas regiões Norte e Nordeste em 2015. No Norte, 40,9% recebiam até 1 salário mínimo e 36,5% mais de 1 até 2 salários. No Nordeste a proporção era de 54% e 30%, respectivamente. No Sudeste 18,1% recebiam até 1 salário mínimo e 45% mais de 1 até 2 salários. No Sul a proporção era de 16% e 44,1%, respectivamente. No Centro-Oeste era 20% e 41,4%. No Brasil, a média era de 28,3% e 40,3%, respectivamente.

____________________________________________________________
FONTE: DIEESE/Governo Federal
#economia/seu-dinheiro/noticia/salario-minimo-nao-tem-aumento-acima-da-inflacao-pela-1-vez-em-13-anos

NOTA:
Saberão entender o valor do grão que refugaram quando perceberem emudecidos pelo que lutaram? Diante do silêncio conivente das panelas amarelas, o sangue segue vermelho e os pratos seguem vazios.

#triste fim do pierrô por causa da columbina, é quase carnaval!
#sem natal, sem ano novo, sem dia de reis, sem um mirreis, sem páscoa e à míngua o povo, a palavra morre no molambo da língua paralítica.

#que o medo não mate a esperança.
#que tenham forças pra buscar o que entregaram.
#como limpar essa cagada? Eu não sei..., o que sei é que parado não se via longe.

____________________________________________________________

Enquanto isso, a Igreja doutrina, a massa mantém a marca, a marca mantém a mídia, a mídia controla a massa e amassa e oprime. Liberte-se! Recicle suas ideias e acorde para a realidade dos fatos ou seremos sucumbidos pelo capitalismo selvagem que oprime e escraviza.
Serpente Angel
Enviado por Serpente Angel em 02/01/2017
Reeditado em 02/01/2017
Código do texto: T5870129
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Serpente Angel
Vernier - Geneva - Suíça
1383 textos (162796 leituras)
1 e-livros (126 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/07/17 11:37)
Serpente Angel