Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Cartas para ela (1)

Sei que não é fácil conviver comigo, na verdade não é fácil com ninguém, todo mundo lá fora é estranho a seu modo. Mas aprecio que você aceite toda a minha esquisitice, e me ame mesmo me vendo acordar descabelada todos os dias. Eu sempre repito que nunca vivi algo assim, toda a fúria da paixão entrelaçada com a calmaria do amor, toda a ardência dos primeiros toques ainda existem, mas também existe uma paz em ficar sentada em silêncio a seu lado, sem fazer nada, só sentar contigo, não precisamos dizer nenhuma palavra, a plenitude está ali.
Eu sempre me pergunto, o que me fará feliz, me sinto egoísta e ingrata quando penso nisso, eu tenho você, é tudo que preciso, o resto a gente conquista.

Eu te amo.
Para sempre sua.
L.
Liz Souza
Enviado por Liz Souza em 12/08/2017
Código do texto: T6081291
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Liz Souza
Arcos - Minas Gerais - Brasil, 21 anos
58 textos (1328 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 10:45)
Liz Souza