Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sociedade permissiva

SOCIEDADE PERMISSIVA
(carta para o Jornal do Brasil escrita em 29 de dezembro de 1990)

O que está estragando o mundo moderno é a chamada “sociedade permissiva”.  Contra essa praga — personificada na polícia de Nova Iorque — lutou o policial Serpico nas ´decadas de 60 e 70, e acabou abandonando a profissão, por não compactuar com um sistema corrupto.
A sociedade permissiva é uma estranha mentalidade, pela qual as autoridades constituídas, dos governantes aos policiais, e as pessoas em geral, tendem a considerar o errado como certo, o vício como virtude, a tolerar o crime, a corrupção e a obscenidade, como se essas fossem as normas ideais de vida. A sociedade permissiva, por tolerar a libertinagem, legaliza o aborto; por tolerar a corrupção, persegue e pune os honestos; por condescender com os criminosos, transforma vítima em réu. É o que ocorre quando mulheres violentadas ainda se vêem sob suspeita de terem provocado as agressões. E assim os estupradores ainda posam como vítimas de sedução.
A sociedade permissiva começa no recesso dos lares, quando os pais deixam que as crianças assistam televisão horas a fio, sem nenhum critério, envenenando-se com imoralidades, violências, desenhos de monstros, toda a parafernália alienante do áudio-visual. Numa escala mais abrangente a sociedade permissiva tolera o tóxico, o tráfico de influências, a fraude, o crime econômico, a corrupção dos políticos, a destruição da natureza.
Todas as pessoas que ainda possuem sentimentos de honradez devem fazer o que estiver ao seu alcance contra essa hipnose coletiva, que faz do século XX a verdadeira Idade das Trevas.

NOTA: ao que parece esta carta enviada na época para o JB do Rio de Janeiro por correio postal (não existia ainda a internet) não chegou a ser publicada. Naquele tempo o Jornal do Brasil era em papel, saía nas bancas (os tempos mudaram e muitos jornais de papel acabaram ou, como no caso do JB, passaram inteiramente para o ambiente virtual).
Miguel Carqueija
Enviado por Miguel Carqueija em 11/08/2017
Código do texto: T6080587
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Miguel Carqueija
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 69 anos
1655 textos (72602 leituras)
40 e-livros (3893 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 19:48)
Miguel Carqueija