Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Desmoronar-se-ia

Sobre saber exatamente de onde veio, e não fazer ideia de onde está ou para onde vai.
Será possível um sonho digerir tantos planos? Ou vice-versa?
Como é possível consumir a saudade de uma semana em dois dias? A consciência pesa toneladas porque no fim das contas você agrada o máximo de pessoas que consegue, e volta insatisfeita. Peso da semana, peso do fim, peso de poderia fazer e poderia ser.
Lutar uma vida inteira idealizando e cair. Ou melhor, desmoronar. Toda madrugada.
Recebi um abraço esse fim de semana, muito sincero, por sinal. E desmoronei, chorei feito criança. Robotizei tanto as relações humanas que já não sei como reagir ao afeto ou a falta dele.
Sobre estar mal, e cada dia pior.
Será que existe mesmo amor em SP? É foda. Debate interno. O moinho do Cartola. Sobre estar perdido e só rezar para se encontrar em algum momento.
Sobre momentos, contados no dedo os de felicidade de quatro meses para cá.
Minha vida mudou, completamente. E eu também.
Peço um favor... Me abraça? E não me permita desmoronar.
Classicisa
Enviado por Classicisa em 16/05/2017
Código do texto: T6000892
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Classicisa
São Paulo - São Paulo - Brasil, 19 anos
72 textos (1451 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/11/17 22:04)