Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Áudio
SEMPRE QUE NASCE UMA ROSA
Publicado por: Luís Filipe Figueiredo
Data: 18/03/2017
Classificação de conteúdo: seguro
Créditos:
POEMA E VOZ
DE LUÍS FILIPE D. FIGUEIREDO

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Texto

SEMPRE QUE NASCE UMA ROSA

Sempre que nasce uma rosa
Nasce em simultâneo um amor
Na mente fantasiosa
De um poeta, de um sonhador


O vento trouxe-a, não sei de onde
Sei apenas que a vi surgir
E, o meu coração não esconde
A imensa alegria, que o fez sentir


Ao contemplar o seu desabrochar
Vi surgir, uma linda flor
Era tão bela, que a comecei a amar
Acariciando suas pétalas com amor


Essa linda rosa nascida no meu jardim
No meio de tantas flores
Se foi tornando a mais bela para mim
Na rainha dos meus amores


Conforme lentamente desabrochava
Crescia em mim, esta paixão
E, o meu pobre coração suspirava
Para que não findasse esta sensação


Quero continuar entre os sonhadores
E, em ti pequena flor, poder pensar
Pois és o amor dos meus amores
Que jamais alguém conseguirá igualar

Luís Filipe D. Figueiredo
2014-02-20
Luís Filipe Figueiredo
Enviado por Luís Filipe Figueiredo em 20/02/2014
Reeditado em 28/12/2014
Código do texto: T4698545
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2014. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Luís Filipe Figueiredo
Portugal
634 textos (16793 leituras)
65 áudios (2835 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 29/03/17 19:55)
Luís Filipe Figueiredo
Rádio Poética