Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto


Silvio Santos voltou a chamar atenção na última semana, dessa vez, nas redes sociais. O apresentador e dono do SBT conquistou a web ao fazer um vídeo ensinando os fãs a instalar a antena digital para que eles pudessem ter acesso à programação do canal e também da Record e Rede TV!, outras emissoras atingidas pelas operadoras como NET, SKY, Claro e Embratel. Apenas a Vivo, entre as grandes, manteve os canais em sua programação.

No vídeo, postado no Instagram na filha Patrícia Abravanel, Silvio Santos diz que quer fazer "um aviso para aqueles que querem pegar o sinal do SBT, Record e Rede TV!". Depois, ele mostra uma antena digital padrão e explica para os telespectadores como fazer a instalação. "Você compra uma anteninha dessas na Santa Efigênia, instala atrás da televisão e nunca mais precisa pagar cabo, você se livra do cabo", explicou o apresentador, mostrando a imagem da televisão de sua casa ligada no SBT.

Nos comentários, o público se derreteu pela simpatia e simplicidade do Homem do Baú e demonstrou interesse em adquirir o equipamento para ter novamente acesso aos canais. "É o cara", comentou um usuário. "Vou comprar", escreveu outro.
Leia também: Operadoras de TV a cabo menosprezaram produto nacional e lesam consumidor

Em lua de mel com a audiência, conquistando o segundo lugar frequentemente com programas como o musical "Máquina da Fama", apresentado por Patrícia Abravanel e o clássico humorístico "A Praça é Nossa" comandado por Carlos Alberto de Nóbrega e o próprio "Programa Silvio Santos" , o SBT continua provando sua relevância para o público brasileiro.

O conflito com as operadoras

Desde a disponibilização do sinal digital, o grupo Simba, formado por SBT, Record e Rede TV! está em conflito com algumas das principais operadoras de TV a cabo do Brasil (NET, SKY, Claro e Embratel). O grupo acredita que é injusto o acordo onde eles devem disponibilizar seu sinal de graça para as operadoras, que incluem os conteúdos em pacotes e vendem ao consumidor, sem repassar nada para os canais abertos, diferente do que acontece com os canais fechados, que recebem uma fatia do que é pago pelos assinantes.

As operadoras de TV paga discordam da cobrança, que foi iniciada, segundo a Associação Brasileira de Televisão por Assinatura (ABTA), por meio de uma notificação às operadoras. A expectativa destas é que um acordo seja firmado rapidamente, conforme é previsto na legislação do setor.
O grupo Simba afirmou que continuará fornecendo os sinais de suas emissoras gratuitamente para todas as televisões através das antenas digitais, mas que não considera justo que as operadoras lucrem às custas de sua programação. Ao comprar a briga, as fornecedoras viram uma perda de mais de 1 milhão de telespectadores desde o corte dos três canais.

O impasse parece não ter solução próxima, apesar dos canais terem oferecido conteúdo exclusivo as operadoras, as conversas parecem cada vez mais frias. Enquanto, isso, como bem lembrou Silvio Santos em seu vídeo para o Instagram, cresce cada vez mais o número de vendas de antenas digitais. Sorte do público e dos vendedores da Santa Efigênia.
Maria Augusta da Silva Caliari e pesquisa IG e imagem do google
Enviado por Maria Augusta da Silva Caliari em 19/05/2017
Código do texto: T6003495
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria Augusta da Silva Caliari
Pariquera-Açu - São Paulo - Brasil
6484 textos (110996 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 05:02)
Maria Augusta da Silva Caliari