Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A pedagogia do oprimido

A pedagogia do oprimido livro de paulo freire

Gosto de abordar temas que focam o educador paulo freire,
exatamente porque ele coloca em movimento o seu pensamento,
e não podia ser diferente com o livro a pedagogia do oprimido,
muito difícil alguém que leia seu livro e não mude sua forma de
pensar, da sociedade, das pessoas, dos valores, e de sua
existência como cidadão.
Não quero aqui falar de direitos dentro de conceitos políticos e
de razão, e sim de conceitos de pensamentos e conhecimentos
que contradiz numa sociedade egoísta como a nossa.

O que se aprende com o livro?

Respeitar as pessoas independente de sua condição social,
mudar seus hábitos, exercitar seu lado critico,
gerar uma mente pensante,
colocar em movimento seu pensamento,
se tornar um sujeito da ação e não de negação,
se tornar o condutor das próprias ações e não ser um mero
observador, se tornar o criador e não o copiador do que já está
pronto, o ponto central e ator principal da própria vida,
responsável pelo que cria e pelo que escolhe, não viver aplaudindo
como se sua vida não te pertencesse, se assumir como sujeito ativo
e tomar posse da rédia de suas próprias ações,
nunca deixara sua vida nas mãos de ninguém,
nem culpe ninguém pelo seu insucesso,
muito menos depender de quem te governa.

Passagens e ensinamentos do livro.

Primeira parte.
O Senhor que não tinha condições de estudar,
e mesmo diante de sua idade avançada acreditou que conhecimento
independe de idade, exatamente porque é cultura da sociedade
descartar um individuo já pela sua faixa etária,
você pode buscar independente de sua faixa etária, basta
acreditar, e conhecimento você leva para eternidade,
não existe valor que pague por conhecimento adquirido.

segundo ponto, a diferença não está entre um sujeito formado e um
não qualificado, nem todas as funções que existe no mercado
necessita algum tipo de formação e para se ter capacidade basta
ter oportunidade e boa vontade, ter realmente a oportunidade faz a
diferença, se colocar no alvo na prática te proporciona
experiência, todos somos lapidáveis e fáceis de ensinamento e
aprendizado, não existe ninguém sem capacidade de aprender,
Mas não existe oportunidade para todos, essa é a realidade.

Realmente nossa sociedade esta deformada,
baseado em princípios de aparência,
primeiro somos ainda daqueles que determinamos como governantes
baseado em mentiras, não estão ali porque são capazes,
sua formação não os capacita pra atuar naquilo que faz,
vejamos porque:
o que faz um presidente ser realmente um presidente?
não deveria ser sua formação acadêmica como parte essencial da sua conquista? Se realmente fosse formação o lula nunca seria um presidente.
O que faz um senador realmente estar no senado?
Se for consequência de sua formação ele ocuparia uma vaga no máximo de auxiliar de escritório.
O que faz um juiz de direito ocupar seu cargo?
não é realmente a sua formação que o capacita? claro que sim.
Então porque para ser presidente não necessitaria de formação?
como tantas outras atividades em diversos setores e atividades profissionais, um cidadão necessita comprovar seu estado de escolaridade, pessoalmente não acho que nenhuma formação faça o profissional, mas se a regra serve para milhares como regra, só não serve para políticos?
ai tem algo de estranho e ninguém questiona.

o que penso dos nossos políticos?
eles devem ter se formado em algum presídio,
pois são formados em mau-caratismo,
são deformados de cultura e de humanismo,
são deformados na escola da fé,
realmente são resultados de aliança, curriculum baseado em (QI quem indica),
diplomacia do coleguismo,
quem precisa ser informado numa Pais de desinformados?
quem precisa de formação num País sem identidade?
 
enfim você pode ser formado em medicina ou psicologia, ou em outra categoria de profissional dos mais elevados, ter pertencido aos melhores bancos da elite, e não ter nenhum sentimento de humildade suficiente para lhe dar com outro ser humano.
Ser formado em algo não significa que estou formado para amar,
também não significa que uma determinada formação te traga condição de mudar o mundo pra melhor se você não pensa no melhor do próximo, por essa razão eu detestei fazer teologia,
porque o fato de estar diante de ensinamentos teológicos não representa que está sendo formado para amar,
formação não tem nada a ver com sentimentos muito menos com carácter, muito menos com humanismo.

Se houvesse faculdade capaz de formar o ser humano no campo do amor, não existiriam sistemas capitalistas, não existiriam diferenças de raças ou sociais, não existiria corrupção ou desigualdade, ricos e pobres seria uma coisa só, uma junção de coisas, seria uma única realidade, assim como defino a concepção de DEUS independente que religião que se prega.
DEUS cria tudo sem distinção.
wanderdias
Enviado por wanderdias em 24/04/2017
Código do texto: T5980377
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
wanderdias
São Paulo - São Paulo - Brasil
20 textos (2378 leituras)
1 áudios (21 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/11/17 20:08)
wanderdias