Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

As noites sem ver novela são chatas.
 
Cresci, ao lado de minha mãe, vendo ótimas novelas.
Às vezes uma não prestava, mas a outra compensava.
 
Hoje a Globo consegue o êxito de destacar três bobagens.
As atuais atrações são ruins demais, péssimas, lastimáveis.
 
Vou provar!
A novela das seis apresenta Giovanna Antonelli mostrando que, além das curvas quando fazia O Clone, não tem coisa alguma para exibir.
O tempo passou, tira essa canastrona daí!
 
O Bruno Gagliasso é um tampinha que quase convenceu.
Aquele que tenta atuar como grande vilão peca porque carece de algo vital se a meta era mergulhar nas águas más da ficção, talento.
 
A trama protagonizada pelo horrível Vladimir Brichta merece o prêmio “porcaria no ar”. Meninos e meninas de Malhação não sabem articular uma frase, falta expressão, preciso vomitar.
 
Nove horas observamos o corte ridículo de Cláudia Abreu e o Gianecchini que já poderia voltar às passarelas.
Querem disfarçar o conteúdo vazio, por exemplo, realçando a franja que Isabela usa. Como a gata suporta o fraquíssimo Humberto Carrão?
 
Eu perco o chão, eu não acho as palavras, eu ando tão triste, eu ando pela sala, eu chego no fim...
Adriana Calcanhoto traduziu bem meu desencanto.
 
* Alguém deve sugerir as novelas da Recópia.
Não assisto caricaturas, opto ainda pela boa arte.
 
* E o Fagundes? Que ele tem a ver com isso?
 
Eis o problema, o cara está descansando.
Sem o melhor ator, capaz de dar vida a defuntos frescos ou esquecidos, José Mayer e Tarcísio Meira entraram numa tremenda fria.
 
Magnólias e margaridas não podem resolver!
 
Um abraço!
Ilmar
Enviado por Ilmar em 04/12/2016
Reeditado em 04/12/2016
Código do texto: T5843122
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Ilmar
Salvador - Bahia - Brasil, 46 anos
2074 textos (533848 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/07/17 01:34)
Ilmar