Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SEM VOCÊ SOU OCA

Será que não sentes minha falta
Em noites de frio…?
Meu amor! Por que me deixaste torta?

Vem esculpir-me,
Orquestrando sinfonia de arrepio
Cálido que exprime,
Êxtase como a correnteza dum rio.

Sofro molhada num solitário drama!
O meu orgasmo espera-te, vem já
Unir-se a mim na cama.

Oiça meu lamento em prantos!
Corpo meu está
Acamado por falta de seus encantos.

Autor: Aníbal da Cruz
Aníbal da Cruz
Enviado por Aníbal da Cruz em 14/11/2017
Código do texto: T6171712
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Aníbal da Cruz
Vilankulo - Inhambane - Moçambique, 24 anos
185 textos (2418 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/11/17 23:45)
Aníbal da Cruz